Quatro Mestres

outubro 25, 2007

Um dia eu acordei e ao tentar me levantar, percebi que estava amarrado numa mesa de madeira, com as pernas abertas e os braços também, foi então que notei o lugar onde eu estava, uma sala pouco iluminada e pouco limpa... grande com uma porta de ferro, lampada, umas tomadas elétricas e um armário no canto.
Resolvi gritar perguntado o que estava acontecendo, aonde eu estava... mas ninguem respondia, estava muito silêncio.
Eu comecei a entrar em desespero, e continuei a chamar por alguem, dalí a cerca de 2 horas, chegaram quatro homens, com uniformes de futebol de meião e chuteira.
Um deles era loiro, alto e forte. 2 eram da minha altura morenos, mas bombadinhos, o outro era magro e alto, cabelo castanho e olhos azuis.

Um dos dois morenos falou:
-Tá gritando, verme?
O loiro complementou:
-vamos te ensinar a partir de hoje quem tem direito de gritar aqui...

Eu ia começar a implorar pra me soltarem, quando o alto de cabelo castanho esfregou seu meião na minha cara, todo suado que ele tinha acabado de tirar, e enfiou inteiro na minha boca, em seguida amarrou sua chuteira na minha cara, com o buraco onde se enfia o pé, virado pro meu nariz, ou seja, eu só respirava se fosse cheirando akele chulé horrível de chuteira, era vermelha brilhante da nike.

Logo depois todos se aproximaram , cada um desamarrou um pé ou uma mão e me seguraram em pé, tentei escapar, mas vi que não seria possível, além de 4 eram fortes, e um disse:
- é bom ficar na sua e obedecer, que é melhor pra você !!!

amarraram uma corda no meu saco, nó do tipo forca, e na outra ponta um balde, que ficou pendurado pelas minhas bolas.

Então pararam os quatro em volta de mim com o balde pendurado, e começaram a mijar no balde,e ia enchendo e ia me torturando cada vez mais, até que eu não aguantei e gritei abafado pelo meião e pela chuteira.
Aí o loiro falou pra mim:
-Mija também verme, se não você verá o que é dor!!!

...eu consegui mijar algumas gotas por que naquela dor, era quase impossível

então eles tiraram o balde da corda, mas meu saco continuou amarrado.
me deitaram na mesma mesa e me amarraram novamente
3 deleslevaram o balde pro canto e terminaram de mijar... o balde estva até a metade de mijo, enquanto o outro, um moreno bombadinho tirou a chuteira e o meião da minha boca e colocou um funil grande e largo, com a ponta na minha boca...

começaram a despejar todo o mijo e mandaram eu engolir tudo, até certo momento aguentei, mas estava cheio já, e parei de beber, então senti um murro nas minhas bolas amarradas, e um grito:

- Toma tudo, verme!

ainda faltava metade do mijo, e cada vez que eu parava de beber era um murro no saco, dois deles começaram a arrancar pentelhos do pinto e jogar no balde, tive que engolir também.

Após tudo isso, tiraram o funil da minha boca, colocaram uma mordaça e saíram da sala, exceto o loiro. Este olhou pra mim e deu uma risadinha maldosa.

Provavelmente eu fiz uma cara de medo né...
Então o loiro olhou e falou:
- Não se preocupa, isso vai melhorar... rsss pelomenos pra mim !!!

nisso ele tirou a mordaça da minha boca e centou no meu pescoço (apesar do medo, senti muito tesao com aquele cheiro de suor...)

tirou o calção, a cueca e começou alisar o penis (devia ter uns 19 cm.) , passou a cueca no meu nariz e depois mandou:
-Abra a boquinha, abra... rssss

eu não abri, tinha medo... eu era bobo né... rsss

ele ficou muito nervoso, e disse:
- Se não abrir assa merda agora vou martelar seu saco !

não tive oura opção, abri...

começou a passar vaselina na minha boca, dizendo:
- Vai ver se abre ou não !!! e gargalhava...

ele passava vaselina na minha boca, começou enfiar os dedos, (senti muito tesão), apeapesar do gosto horrível oleoso...

Depois socou o penis, com vontade na minha boca e começou a bombar

Para minha surpresa entrou na sala o moreno baixinho bombado, pegou uma camera forográfica e tirou várias fotos, e fez questão de , na minha frente, mandar pro email dele, por um notebook q ele trazia na mochila.

depois disso o moreno falou:
- Agora ou você assume seu lugar ou essas fotos vão para todos os seus parentes !!!

Depois que o loiro gozou muito na minha boca e me fez engolir tudo, eles me desamarraram e me levaram pra um banheiro...

durante o caminho percebi que aquele lugar qu eu estava era o porão de uma casa antiga comum...

entrei no banheiro e eles me disseram que tinha 5 min. pra me lavar e escovar os dentes...
(no banheiro tinha um sabonte e uma escova de dentes velha usada...)

passados os 5 min. eu saí do banha o puis uma roupa que eles me deram, só agora tinha visto que era velha, com furos, mas estava limpa, pelomenos!

eu já bocejava e eles me levaram pro porão pra eu dormir... além de o porão ser um calor insuportável o que ja era uma tortura, eles capricharam:

me amarraram naquela mesa denovo de barriga pra cima, colocaram uma cueca molhada de suor de um deles na minha boca, e passaram fita isolante envolta da minha cabeça, me vendaram os olhos e colocaram uma vela acesa sobr meu peito...

Saíram e falaram BOA NOITE lixo !

ah... eu só consegui dormir depois que a vela acabou de derreter inteira na minha barriga.

Ao acordar, estava com muita fome aliás, no dia anterior eu só havia engolido mijo e porra

Então, entrou na sala um moreno e com uma espátula começou a tirar a cera da minha barriga (doís, pois puchava os pelos do meu peito) e me disse:
- Então agora você já está sabendo o seu lugar aqui, então pode me chamar de Mestre Lucas , ok?

Disse isso enquanto tirava a cueca da minha boca

Eu respondi:
-Sim

Levei um tapa forte na boca, e ele disse:
-Para você é SIM SENHOR ou SIM MESTRE LUCAS !!!

me desamarrou e mandou eu ficar de joelhos, eu fiquei e ele me segurou os cabelos, mandou eu abrir a boca:

enfiou o penis na minha boca, começou a mijar dizendo:
- Engole tudo, cada gota que cair você terá um castigo, hoje depois do meu jogo...

sem querer deixei escorrer uma gota da minha boca, ele terminou de mijar, me deu um soco no estômago, e disse:
-Me aguarde até a nossa volta... Ah, hoje você vai ficar solto aqui dentro, mas é para fazer almoço e lavar as nossas roupas, prepare 5 pratos, e nada de comer, pois eu sei exatamente o que tem aqui de comida!!! e se houver tentativa de fuga, já sabe, sua mamãe verá sua foto chupando um penis grosso !!!

Saiu e voltou, dizendo:
- Ah, esqueci, você só anda aqui dentro de quatro!

logo que eles saíram, eu subi e fui para a cozinha ver o que tinha pra eu fazer de almoço...
Logo vi que tinha hamburgueres e pão, então preparei tudo para fazer os 5 sanduíches, já imaginando q um era para mim, caprichei nos 5 !!!

quando conheci a lavanderia vi que havia um molho de chaves, que era da casa toda, ou seja, eu podia sair se quizesse, mas agora, me deu uma vontade de ficar... será que eu estava gostando dse ser escravo de quatro machos? sim, era isso
Lavei toda a roupa, e pendurei nos varais para que secassesm, então fui preparar os sanduíches e deixei os em cima da mesa.

Os 4 chegaram, analizaram a roupa e os lanches:
-Ah, pelo visto o verme fez tudo certinho e não mecheu nas chaves... então vai poder comer.

colocou um dos pratos no chão, os quatro pisaram em cima (com a chuteira suja de terra do jogo...) e deixaram eu comer, comi tudo, estava com muita fome...

depois mandaram eu ir pro meu canto, já sabia que era o porão e fui...

depois de 10 min. mais ou menos, entrou na sala o baixinho bombado, e disse:
- Eu sou o mestre Gabriel! também o que eu mando é prioridade para você entendeu?

-Sim Mestre Gabriel

-Agora deita aí na mesa de barriga para cima, vamos!

Ele me amarrou as mãos e os pés esticados (pernas abertas por um cano com algemas na ponta)

logo entrou o mestre Lucas e falou, eu disse que você ia aprender a não disperdiçar mijo de macho !!!

subiu na mesa e começou andar em cima de mim, o fato é que aquela chuteira tinha travas embaixo, de plástico emborrachado, o que doía muito... enquanto o mestre Gabriel ria... gargalhava da minha cara de dor...

Depois o mestre Lucas sentou se na minha barriga e esfregava as chuteiras que eram brancas mas estavam sujas, na minha cara, e mandou:
-Agora lambe até que fiquem brancas novamente, e engula toda a terra e grama que ficou embaixo... quero ver essa sola como nova, e ai de vocÊ se não conseguir... !!!

Nisso o mestre Gabriel começou a fazer cossegás nos meus pés, o que dificultava a limpesa da chuteira do mestre Lucas, que me batia com os pés na boca falando pra eu não parar meu servisso...

depois o mestre Gabriel começou a chutar meu saco e pisar no meu penis... nossa que dor ... e depois deu alguns murros, com vontade.... saiu da sala...

fiquei depois mais cerca de meia hora lambendo as chuteiras do mestre Lucas, mas não tinha como limpar tanto só com a língua, então ele desceu de cima de mim, e sem piedade, pegou um cabo de vassoura e começou a socar no meu rabo, eu gritei, ele então parou, tirou as chuteiras e os meiões, colocou os meiões na minha boca, e uma chuteira no meu nariz... voltou a colocar o cabo da vassora, cada vez com mais vontade e eu quase chorando de dor... ficamos nisso acho que cerca de uma hora (que hora interminável, nossa!)

ele, retirou o cabo, depois amarrou bem meu saco, que ainda estava doendo dos chutes e socos, e ascendeu uma vela e deixava a chama queimar minhas bolas, que estavam bem amarradas, o que já me causava dor, e queimavam ainda... ixxe, aí eu ja me esbaforia em gritos abafados pelo meião...

depois de 15 minutos parou e saiu...

pelos barulhos e vozes deles que ouvia, pelo que eu entendi eles tomam banho um de cada vez e depois jogam baralho e bebem cerveja até dar a hora que els dormem...

Hoje descobri que a casa é simples, só 2 quartos, com 2 belichaes em cada um, e seus assessórios de futebol... muitas chuteirar, uniformes de treino, etc.

Na hora de dormir, o mestre Gabriel, me desamarrou e disse:
-Deita de costas!

deitei, ele amarrou minhas mãos para tras e meus pés, às minhas mãos... ficando muito incômodo, e eu dormi com aquele meião na boca ,chuteira no nariz e o saco amarrado!!!

Fui acordado de manhã com um um pisão de havaianas no rosto e no pescoço...
era o outro moreno alto, e me disse:
- Sou o Mestre Will, e é bom você estar muito ciente de que esse é o seu lugar ! debaixo das minhas solas !!!

Ele deve ter tirado as cordas, o meião, a chuteira etc, antes de eu acordar...

depois completou:

-Quando voltarmos do treino, eu quero encontar a casa limpa, caso eu encontre alguma sujeirinha, você vai lamber o chão para que eu possa pisar !!!

saíram... então fui eu até a lavanderia achei todos os produtos que precisaria para limpar a casa... Nossa, caprichei, não deixei nenhum pozinho... e fui esquentar o almoço , sempre deixando tudo um brinco, sem uma migalha caída...

Hoje denovo eu tinha preparado 5 pratos, mas quando eles chegaram, o mestre Gabriel falou:
- Você foi ordenado ou autorizado de fazer um prato para você ?

- Não Senhor !

Ah, é bom lembrar se que só deve fazer aquilo que nós queremos, mas pelomenos eu vou pegar leve com você por que a casa está limpa ...

então mestre Will complementou:
- Você vai comer sim, ´mas só depois do meu banho!

eu fiquei sem entender, o que o banho tinha a ver com o meu almoço...

- Agora desça comigo para o seu canto!

acompanhei-o (sempre de 4)

chegando lá, mestre Will se deitou e me falou:

- Você vai ir tirando cada assessório que uso e cada peça de roupa, e vai me limpando, com a lingua!!!... Ah, tire tudo com a boca!!!

assim, eu fiz, tirei as chuteiras, estavam bem amarradas, é duro de tirar com a boca... mas deu... , depois os meiões, a caneleira, e fui lambendo até chegar nas cochas...

desamarrei o calção com a boca, isso me encheu de tesão, e lambi as virilhas, molhadas de suor...

Depois que eu tirei a cueca e lambi sua bunda, ele mandou eu caprichar no "membro" dele, e falou que esse eu só pararia de limpar quando ele mandasse...

Então, eu chupava, chupava até ele gozar, dizendo:
- Toma tudinho! Não quero ver uma gota!

Depois de engolir tudo (ele gozou muito...) eu continuei, tirei a camisa, lambi tudo molhado de suor, as axilas e depois o pescoço, e por fim a testa que estava muito suada, e as bochechas

então ele disse:
- Agora que você anda igual cachorro e lambe seu dono, você vai usar isto!

me deu uma coleira de couro preto, e colocou bem apertada com uma correntinha pendurada, e me puchou lá pra cima para eu almoçar, mas antes falei pro mestre Will que estava com sede, ele me mandou abrir a boca , cuspiu, e os outros 3 também, cada um deu umas 5 cuspidas na minha boca, e depois o mestra Gabriel falou:

- Engole tudo!

depois que sngoli, o mesre Lucas disse:

-Passou a sede? Se quizer mais fala !

os quatro riram e o mestre Will pegou meu prato (já estava frio) e me deixou comer, mas sem talhres, igual cachorro !!!
e o loiro disse:

- Cada grão ou migalha que cair, você vai pagar caro !!!

Eu tentei comer sem derrubar, mas usando só a boca e com a fome que eu tava, acabei derrubando 3 migalhas.

O loiro viu e disse, limpe essa sujeira e espere sua punição lá embaixo!!!

depois eu desci e ele desceu em seguida:

-Deita aí !!!

me amarrou de barriga para cima, e pude ver ue ele trazia um alicate, antes dele centar se na minha cara (com aquele calção suado, que só me permitia respirar sentindo aquele cheiro de macho e aquele gosto de suor da bunda e do saco dele que caía na minha boca)

Então ele estava sentado na minha cara, e começou a beliscar, com o alicate, os meus mamíolos... e meus gritos eram abafados por aquele bunda e aquele saco suados na minha cara !!! cada vez ele beliscava mais forte... deixando quase rochos, meus mamíolos...

depois me desamarrou, me fez lamber suas chuteiras e limpar seus pés, inclusive as solas que estavam com barro!, e foi dizendo:

- Eu sou o Mestre Fábio, e é para isso que você nasceu, para lamber meus pés!!!

depois foi me puchando pela coleira e me deixou tomar banho, e escovar os dentes.

depois disso, eles estavam sentado na sala jogando baralho e eu fui (sempre de 4) perguntar se os senhores queriam alguma coisa e eles falaram sim... para eu preparar 5 lanches e levar 4 cervejas, porém 5 copos!!!

assim eu fiz

chegando lá eles pisaram em eum dos lanches e me deixaram comer, eu olhei para o copo vazio e o mestre Will falou:

-Ah, esqueci!!!

então ele e o mestre Fábio encheram o copo de mijo, na minha frente,e falaram:

-Não é cerveja, mas é bem amarguinho, bem salgadinho e bem quentinho!!! ahuuahhuahuaaaaa,

-Tome tudo!!!
depois eu fiquei de quatro para o mestre Lucas apoiar os pés...

Depois de umas duas horas lá de quatro eles pararam de jogar, me colocaram de 4 no sofá e fizeram espécie de uma filinha para eu pagar boquete, e o ultimo da fila, ficava com um chicote d ponts dupla, e mandava ver nas minhas costas , na minha cocha e minha bunda, nossa e davam cada tapão na minha bunda...

acabei engolindo esperma de todos els e chorando, eles me deixaram descer para o porão...

aí euu fui descendo e ouvi o mestre Lucas falar:

-Fabião, capricha lá, põe a putinha para dormir! huauhauhauhauhaa

o Mestre Fábio desceu, amarrou minhas pernas dobradase meus braços para trás, depois socou um plug enorme no meu ânos, eu gritei, então ele disse:
-Abra essa boca!, Abre mais!!!

eu abri o máximo que conseguia e ele colocou um concolo na minha boca, socado quase na minha gargante, e passou fita isolante em todo meu rosto, deixando só o nariz para eu respirar, saiu e disse:

- Boa Noite, dorme bem que amanhã é um dia muito especial !!!

No Outro dia quando acordei, já estava desamarrado livre e estava só em casa, então fui fazer meu "trabalho", limpar cozinhar, e lavar roupas...

ao terminar, fui para a sala e os esperava (de quatro com a coleira)

quando chegaram, abriram a porta e o mestre Gabriel disse:

-Deita como um pano de chão ( de barriga para cima) , que eu quero limpar meus pés!!!

então deitei e todos me pisotearam inclusive no penis e no saco... e na cara, marcando com as travas das chuteiras sujas de lama...

enquanto comiam no sofá, o mestre Will falou:

- Puta, vem aqui e ajoelha!!!

eu o fiz, então ele mesmo enquanto comia, colocou o penis na minha boca e mijou, ordenando:

-Se deixar cair uma gota, você vai passar 24 horas com um cabo de vassora nesse cú de viado !!!

eu bebi tudo cuidadosamente...

depois de comerem, eu retirei os praot e fui lavar a louça, enquanto eles viam tv...

ao terminar, ouvi o mestre Fábio:

-Verme, venha cá e traga minhas havaianas como um cão bonzinho !

lá fui eu levando aquelas havaianas verdes com bandeirinha do brasil... vou confessar que o cheiro me dava muito tesão... nem eu acreditava que estava gostando do chulé de outro macho...

depois, os quatro começaram a tirar a roupa e por ultimo a cueca (suadas do treino deles), jogaram as cuecas na minha cara e falaram:

-Deixe as limpinhas, com a lingua... se o cheiro de suor não sair, voce vai engolir uma por uma!!!

nossa, lá fui eu lavar cuecas com a lingua, e de vez em quando levava uns tapões estralados na bunda... fiz esse servisso chorando, de saudade da minha vida, mas ao mesmo tempo, eu gostava, sei lá, era muito estranho, era bom e ruim ao mesmo tempo, também por essa indecisão eu chorava...

depois de 2 horas (mais ou menos) que terminei eles mandaram eu as jogar no tanque e tomar banho... até aí o dia me parecia normal, nada de especial até agora, Fui tomar banho.

Ao sair do banho, eles me ordenaram de ficar pelado e ir até a sala...

quando lá cheguei, encontrei uma das cadeiras da cozinha, onde fui "convidado" a me centar , a cadeira estava no centro da sala

os quatro sem roupa e com os penis durissimos, começaram a se aproximar de mim e batiam punheta de leve, meio que simbólico só...

o mestre Lucas colocou uma meia ( muito fedorenta) na minha boca e eles começaram a se esfregar em mim, logo demonstrei , pelo meu corpo, que eu sentia desejo, e eles cada vez mais, com aquele cheiro de macho suado, se esfregavam em mim, os quatro juntos, e então, o mestre Gabriel, que era o que estava se esfregando por tras da cadeira, começou a me dizer:

-Hoje você vai poder escolher...
Você quer continuar servindo a gente?
se você não quer, é sua chance, então tire essa meia, você mesmo e pode sair, mas se for, é pra nunca mais voltar...

Eu já contagiado pelo clima , e acho que apaixonado pelos quatro, fiquei sem ação, mas havia uma força extrena, não sei da onde vinha, mas que me prendia a ficar alí, e eu fiquei imóvel, sem me mexer e sem reagir...

agora eles "batiam" com mais força

então o mestre Fábio, que era o que estava na minha frente, falou:

-Se você, por livre vontade quer nos servir, então peça que eu goze na sua cara!!!

e retirou a meia da minha boca...

continuavam se esfregando, e eu sem ação ainda...

Mestre Lucas falou:

-Vamos, a decisão é sua...

Então, aquele força, talvez seria a paixão, ou o dom de ser escravo, me fez agir:

-Goza na minha cara, eu imploro!!!

eles disseram, eu não ouvi direito... eu repeti mais alto:

-Goza na minha cara!!!

e o mestre Lucas disse:

-Peça de joelhos!!!

eu ajoelehei, beijei os pés do mestre fábio e pedi novamente:

-Eu preciso que goze na minha cara!!!

então nessa hora, eu olhei para cima e ele gozava muito na minha cara, e em seguida, todos gozavam, inclusive eu...

depois de quão especial momento,mestre Will falou:

-Pronto, agora você é escravo de verdade, e deve agradecer, por cada chicotada, cada cuspe, cada mijo, tudo que venha de nós para você!!!

Então fomor para o chão e todos me comeram e eu chupei todos durante umas 5 horas , até que me colocaram um eletro estimulante no saco que me manteve ereto por um tempo, em que gozamos umas 4 vezes, algumas dos mestres eu implorei para beber...
mas aqueles choques me davam um tesão indescritível

então mestre Gabriel, que estava atrás de mim, colocou no meu nariz um pano, que continha alguma coisa que me fez desmaiar..., e provavelmente me limparam e me levaram pro porão, já que eu estava lá quando acordei...

Talvez fizeram isso com a intensão de eu pensar que foi sonho, ou talvez realmente foi um sonho, isso eu já não sei mais... sonho, ou realidade.... também isso não importava mais, o que importa agora, é a vontade que senti de os servir, e a percepção da paixão que sinto por eles e por ser humilhado por eles, essa é minha vida agora, que eu escolhi...

Porém, agora faço tudo com muito gosto, e para falar a verdade, nem me lembro da vida que eu tinha antes dessa, servir machos, e agora agradeço tudo, inclusive o banho de mijo, com o qual acordei nessa manhã!!!

Cá entre nós (caro leitor), até bebi um pouquinho, e com vontade... rssss

FIM

Conto Exclusivo Bondage Man

Um comentário:

Foot Brasil disse...

onde vc mora tmb quero ser escravo deles q tesao

Tecnologia do Blogger.