Cócegas


Cócegas é umas das menos conhecidas formas de prazer sexual, sendo praticada somente pelos aficcionados.

Para algumas pessoas cócegas é um fim em si mesmo, seja fazendo ou recebendo, sem a necessidade de qualquer sexo envolvido. Você já deve ter presenciado (ou escutado alguém falar) uma cena de cócegas sem apelo sexual. O exemplo típico é pode ser descrito como um bando de amigos na praia que inesperadamente 'atacam' aquele do grupo que todos sabem ser coceguento. A pobre vítima tem as solas dos pés, as axilias e a barriga cocegueadas e não raro, o grupo só para quando ela anuncia que vai mijar nas calças. (como na foto acima).

No exemplo acima as cócegas não possuem qualquer caráter sexual e é praticada mesmo entre amigos totalmente héteros. No outro lado temos uma legião de homens que sentem extremo apelo sexual no fato de serem torturados com cócegas ou torturarem outro homem com cócegas. Via de regra nesse contexto sexual, a vítima está amarrada e por dois motivos básicos:

- para não fugir ou tentar impedir o ataque de cócegas;

- porque o bondage aumenta a excitação sexual do ato em si.

Ainda dentro do ponto de vista das cócegas como estímulo sexual, normalmente além de amarrada a vítima está completamente sem roupa, pois assim seu 'torturador' tem acesso às partes mais sensíveis do seu corpo: pés, axilias, costelas, barriga, coxa, virilha, genitais e anus.

Infelizmente para os amantes das cócegas existem alguns obstáculos. O primeiro é que é muito difícil encontrar um homem que curta ser torturado com cócegas (a maioria que conheci simplesmente ODEIA cócegas). O segundo obstáculo é que por incrível que pareça é bem incomum encontrar um homem que sinta cócegas nos pés de verdade. O mais comum é encontrar pessoas que são sensíveis nas solas dos pés e não pessoas que caem na gargalhada. Ressaltei esse ponto porque é um fato inegável que todos os apreciadores de cócegas associam as mesmas às solas dos pés. Já nas costelas e axilas é bem mais fácil encontrar homens coceguentos.

Dicas de cócegas

Algmas sugestões quando você amarrar um cara e for torturar com cócegas.

Passe água com sal

Parece que a água salgada ativa os nervos e induz às cócegas. Segundo alguns relatos que li até os caras mais insensíveis tornam-se extremamente coceguentos com esse recurso. Pessoalmente nunca fiz, mas ainda vou testar. Vale lembrar que na Segunda Guerra Mundial os japoneses torturavam soldados americanos em busca de informações amarrando-os, tirando suas botas e meias, passando água salgada nas solas e depois colocavam cabritos para ficarem lambendo. Não apoio a tortura, mas se for com alguém que curta bdsm...

Não despreze o ânus

Talvez você não saiba, mas a grande maioria dos homens sentem cócegas no ânus. Providencie uma pena, amarre sua vítima de uma forma que sua bunda fique bem exposta e ataque o ânus sem piedade. Nessa posição você também tem acesso ao saco e ao pênis, duas outras regiões extremamente sensíveis na maioria dos homens também.

Nada de mordaça

Por mais sexy que possa parecer, não torture alguém que esteja amordaçado com cócegas. Se a pessoa estiver amordaçada que não seja com nada enfiado na boca e simplesmente com uma fita adesiva ou um pedaço de pano amarrado entre os dentes.


6 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pela matéria!
Sou aficionado a cócegas e tenho fetiche por alguns tipos de pés. Pratiquei algumas sessões e adquiri bastante experiência como ‘tickler’, mas encontro certa resistência em conseguir ampliá-las explicitamente, pois, como você bem frisou, a maioria detesta cócegas.
Meu estilo é bem ‘light’ e pausado. Considero as cócegas brandas muito mais eficazes e aterrorizadoras (no bom sentido), porque o efeito é prolongado e agonizante. A aflição sentida pela “vítima” também me fascina, principalmente, enquanto ela está tentando, inutilmente, livrar-se da ação das cócegas na parte “torturada”, isto é, nas mais sensíveis regiões dos pés. A “vítima” não vai perdendo a sensibilidade no decurso da sessão, como geralmente ocorre com as cócegas ligeiras.
Apesar dos entraves, acabo usando as cócegas como papel-moeda. Se alguém interessante e coceguento precisa de meus favores, parte do pagamento poderá ser em cócegas tácitas. Explico meu fetiche por pés e proponho uma série de massagens e carícias nas solas. A parte acaba concordando com a proposta. Inicio a sessão, vou descobrindo os pontos mais coceguentos e passo a tocá-los com mais constância. A “vítima”, inocentemente, jamais desconfiará de que minha real intenção é provocar cócegas suaves e terríveis. Assim, é mais convencer a “vítima” e driblar o impacto dos efeitos das cócegas em quem as sente demais.

Anônimo disse...

Camarada. Se tiver interesse me contate no fmendras msn com. Tenho interesse.

Umbigo Planet disse...

Homens também sente cócegas no umbigo. É raríssimo encontrar vídeos onde o torturador/torturadora faz cócegas dentro de um umbigo masculino.
É uma área muiiiiiiiiiiiiiiiito sensível. Quem souber aproveitar e quiser torturar um homem, faça cócegas dentro de seu umbigo com as pontas dos dedos, a língua, pincel, escova elétrica e não esqueça de usar uma mordaça nele (como a sugestão acima: uma fita na boca ou um tecido entre os dentes). Não vale deixar a vítima de pé ou sentada. Ela deve estar deitada, amarrada em X....

E boa tortura....

Anônimo disse...

Realizei meu sonho a algum tempo atras qnd ouvi um colega de faculdade comentar q estava precisando de grana. Entao o chamei para uma conversa e fiz um acordo com ele. Eu lhe pagaria se ele me deixasse fazerlhe uma seçao de cocegas. Ele aceitou e foi maravilhoso. Eu o amarrei na cama somente de cuecas e fizlhe cocegas lentas e suavez pois acho q assim é mais agonizante. Axilas, peito, abdomen, coxas e pernas e pes, mas ele nao sentia muito nos pes. Apos uns minutos nao resisti e tirei sua cueca. Fizlhe cocegas nas bolas e no penis com os dedos, penas e escova de dentes. Foi maravilhoso torturalo por cerca de duas horas. Ele gritou muito, se mechia muito e implorava para parar, me xingava muito, mas suas risadaa eram muito estimulantes. Que excitaçao. No fim, ele estava muito ofegante e rindo mesmo qnd eu nao o fazia cocegas. Comecei a masturbalo por um tempinho e qnd ele ia gozar eu reiniciei as cocegas. Ele nao teve tempo para relaxar, ria desesperadamente enquanto ejaculava, e eu nao parei as cocegas. Ouvilo implorar foi a melhor parte. Apos isso, nunca mais nos falamos. Porem, ele pediu

Anônimo disse...

VC eh de SP? quiser uma sessão ei aceito e sem cobrar nada de vc. daniel_junior2012@hotmail.com

Anônimo disse...

Moro no RJ, 1,80, 86kg, branco, solas rosadinhas tamanho 43, muito cosquento, nos pés e em todo o corpo. To louco pra ser imobilizado e ser o brinquedinho cosquento de alguém. Moro boa zona sul. quen se interessar pode entrar em contato:
Skype: redfortbear
Email: redforttickle@gmail.com